segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Finger Food

Você já ouviu falar em Finger Food? Esse foi o tema que escolhemos para a nossa coluna no programa Mais estilo.

Finger food significa “comer com as mãos”, mas nem de longe significa falta de educação!

Ao contrário, é uma opção sofisticada e prática para qualquer tipo de evento, além de ser uma tendência que veio para ficar. No Brasil, desde 2010 já se ouve a expressão. São comidinhas e petiscos fáceis de manusear que não precisam de talheres.

Também se destacam pelo visual moderno e atraente aos olhos. São mais do que simples salgadinhos ou mini porções. Devem trazer um conceito por trás e sabores mais refinados, com combinações de ingredientes criativos.

Podem ser servidas no palito, como mini espetinhos. Ex: presunto parma com melão, batata bolinha com chedar e bacon, palmito imperial, queijo gorgonzola com goiabada, salada caprese (tomate cereja com mussarela de búfala e molho pesto), rolinhos de abobrinha com ricota, e damasco com cream cheese.

Também adoro a ideia de servir mini porções em potinhos ou panelinhas, como por exemplo, salpicão, risoto, massas, saladas, escondidinho ou legumes refogados. Essa opção também é ótima para os doces: alfajor liquido, torta de limão, cheese cake.

Também podemos usar colheres de louça. Até mesmo os legumes podem servir de base para um deliciosos finger food, como exemplo, o canapé de abobrinha, batata chips, tomate cereja. A dica é combiná-los com recheios adequados para cada ingrediente.

Podem também ser servidos em pães, torradas ou biscoitos: como os canapés.

Assistam ao vídeo e deixem a opinião de vocês! Até o próximo post,

Letícia








Um comentário:

  1. Está um charme esta postagem! Muito esclarecedora e completa. Parabéns às minhas queridas blogueiras.

    ResponderExcluir