terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Desejos de Ano Novo

“Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. 


Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente. 


Para você, desejo o sonho realizado. O amor esperado. 
A esperança renovada. 


Para você, desejo todas as cores desta vida. Todas as alegrias que puder sorrir, todas as músicas que puder emocionar. 



Para você neste novo ano, desejo que os amigos sejam mais cúmplices, que sua família esteja mais unida, que sua vida seja mais bem vivida. 

Gostaria de lhe desejar tantas coisas. Mas nada seria suficiente para repassar o que realmente desejo a você. Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos. Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto, rumo à sua felicidade!” 
 


Feliz Ano Novo!!!


Agradecemos a sua companhia diária nesse ano de 2013.
Que venha 2014, com muita inspiração!

Andreia, Leticia e Luciana
Equipe do Blog Inspiração

Carlos Drummond Andrade (Itariba, 31/10/1902 – Rio de Janeiro, 17/8/1987)
Poeta, contista e cronista brasileiro, licenciado em Farmácia.











segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Mesa dourada para o Reveillon

Já mostrei a vocês uma produção de mesa prata que fiz para o Reveillon. Hoje quero compartilhar uma outra opção que criei em dourado, também pensando na passagem de ano. Achei que essa mesa ficou muito linda e chique!

Fiz uma composição usando passadeiras (também conhecidas como caminho de mesa) dupla face com adamascado floral de um lado e poá do outro, compradas na Aparechitas. Usei meu aparelho de jantar branco com bordas trabalhadas em dourado. Para suavizar, optei por guardanapos em tom de bege e porta guardanapos dourados.As taças foram nas cores âmbar e transparente. 

Para deixar o ambiente mais intimista e aconchegante, coloquei castiçais altos em vidro com velas beges trabalhadas em dourado. As mini rosas na cor champagne deram um charme a mais à mesa, não achamGostaram da mesa que produzi com muito carinho pensando em vocês? Espero que sim! Depois mandem fotos das ideias que estão tendo para o Reveillon de vocês. Um beijo,


Andreia
 







domingo, 29 de dezembro de 2013

Orquídeas para o ano novo!

Acho que a mesa do Reveillon pede um certo requinte! Como vocês já devem ter percebido, gosto de usar nessa data o amarelo ou mesmo o dourado, já que ambos prometem dar sorte! 

Hoje divido com vocês, mais uma sugestão para a mesa do Reveillon. Usei uma toalha portuguesa bordada, sousplats dourados e os porta guardanapo de orquídea feitos pela minha irmã Luciana. Até as taças tinham um detalhe em dourado, vocês perceberam? Usei também um arranjo de orquídeas no centro da mesa. Gostei do resultado. E vocês, gostaram?

Beijos
Leticia








sábado, 28 de dezembro de 2013

Mesa prata para o Reveillon

Passadas as festas de Natal, agora é hora de pensar no Reveillon. Montei uma sugestão de mesa em tons de prata para a passagem de ano, que gostei muito e que compartilho com vocês. 

Usei passadeiras e jogos americanos prata com detalhes adamascados que comprei na Aparechitas e que são muito lindos. Os sousplats também são na tonalidade prata e têm um brilho que dá um charme a mais. Optei por pratos brancos com borda em prata. Para dar uma cor à mesa escolhi guardanapos brancos com estampa floral e porta guardanapos também em flor de vidro, na cor lilás. 

E, para dar um toque final à mesa, colquei castiçais baixos em vidro e dois arranjos de lírios brancos. Gostaram? Espero que esse meu post ajude nas ideias de mesa para essa data tão especial! Um beijo,

Andreia 




 



sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Reveillon 2012

Passado o Natal, é hora de começar a pensar no Reveillon. Por isso, hoje quero mostrar pra vocês a mesa que montei no Reveillon do ano passado.

Tenho uma vista privilegiada, onde eu moro, e de lá podemos assistir de camarote, ao show de fogos da Lagoa da Pampulha. Por isso gosto mesmo de ficar em casa na noite do dia 31. Já temos um grupo de amigos que todo ano passa conosco e é sempre muito bom!

No ano passado montei essa mesa. Usei toalha de linho branca, sousplats prateados e guardanapos com flores amarelas, para dar sorte! Muitas mensagens espalhadas pela casa, muita música e muita animação. A noite foi nota mil!

No cardápio tivemos frios, castanhas, nozes, pão de queijo, barquete com recheio de alho porró e geléia de damasco. Para o jantar: chester, arroz com lentilhas e canelone. De sobremesa saboreamos uma torta de banana divina. Hummmm.... Bom demais!  Esse ano vamos repetir a dose! Aguardem. Beijos e que venha o ano novo!!!
 
Leticia



 


quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Tradições de família

Olá! Como foram de Natal? Espero que bem!

Nas comemorações das festas natalinas neste ano, na casa da minha mãe, estava pensando em como tradição é uma coisa muito engraçada. Sou de uma família tipicamente portuguesa, como já disse a vocês, e fazemos questão de conservar as tradições da “terrinha”.

O Natal é um exemplo claro disso. Essa é a única data do ano em que comemos comidas típicas maravilhosas, que poderiam ser feitas perfeitamente em outras datas, mas que só fazemos nas festas de fim de ano. Já nos arriscamos a produzir as iguarias ao longo do ano, mas sempre achamos que as feitas para o Natal e o Reveillon, seguindo à risca as tradições, são mais gostosas. Risos. 

Esse é o caso do irresistível bolo preto, com nozes e vinho do Porto, e que vou postar a receita em breve para vocês. Antes, essa maravilha, feita há anos na minha família, saía das mãos da minha avó, e após o seu falecimento, a deliciosa tarefa foi assumida pela minha mãe, que herdou as mãos de fadas da vovó para a gastronomia. Tem também a famosa “roupa velha”, um refogado feito com o que sobrou do bacalhau, batata e couve, cozidos no dia 24. Seria, para vocês entenderem melhor, um “mexido de bacalhau”, que comemos no dia 25 e que todos esperam com água na boca!

Também comemos nessa data o arroz doce, a castanha portuguesa e o maravilhoso pastel folhado de Nata, tudo feito pela mamãe. Ah, e não posso me esquecer de uma tradição muito importante: não podemos recolher as comidas da mesa na noite do dia 24. Retiramos os pratos, limpamos a toalha, mas as travessas de comidas que não precisam ir para a geladeira ficam em cima da mesa, pois, segundo a tradição, as alminhas boas vêm para proteger nossa casa e, claro, “fazer uma boquinha”, risos. 

E vocês, o que têm de tradição na família? Contem pra gente. Um beijo, 

Andreia






 

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Mesa para o Papai Noel

Tenho lembranças da minha infância que gosto de revivê-las com a minha filha...

Lá em casa, sempre tivemos o hábito de deixar uma mesa para o Papai Noel. Toda noite de Natal era assim: quando estávamos já no portão, saindo para a ceia, o meu pai "esquecia" algo em casa. Ele voltava correndo e fazia as vezes do Papai Noel. Deixava a mesa bagunçada, mordia os pastéis, e espalhava os farelos...

A alegria de chegar em casa, e saber que o bom velhinho tinha realmente aproveitado aquele lanche era gigante!

Faço questão de manter essas tradições! Essa foi a mesa que preparamos para receber o Papai Noel lá em nossa casa, ontem à noite e que hoje quero dividir com vocês.
Espero que gostem!
Leticia
 




terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Café da manhã de Natal

Aproveitando o clima de Natal e para estrear a louça Marrakeshi da Porto Brasil, que ganhei de presente da minha mãe, arrumei a mesa do café da manhã de hoje bem caprichada!

Usei também os jogos americanos de natal verde e vermelho, que adoro e já mostrei aqui no blog, taças verdes e porta guardanapos de cereja feitos por mim.

Para o café: salada de fruta, iogurte, suco natural de laranja (na jarra do papai Noel), leite, nescau e cappuccino, pão integral e de mandioca, frios e pizza. Estava uma delícia!

Um beijo,
Luciana




Feliz Natal


Quisera Senhor, neste Natal, armar uma árvore
dentro do meu coração e nela pendurar em vez de
presentes, os nomes de todos os meus amigos.
Os amigos de longe e de perto. Os antigos e
os mais recentes. Os que vejo a cada dia e os
que raramente encontro. Os sempre lembrados
e os que às vezes ficam esquecidos.

Os constantes e os intermitentes. Os
das horas difíceis e nos das horas alegres,
os que sem querer, eu magoei, ou,
sem querer me magoaram. Aqueles a quem
conheço profundamente e aqueles de quem não me
são conhecidos , a não ser as aparências. Os que
pouco me devem e aqueles a quem muito devo. Meus
amigos humildes a meus amigos importantes. Os nomes
de todos os que já passaram pela minha vida.

Uma árvore
de muitas raízes muito profundas para que seus nomes nunca
mais sejam arrancados do meu coração. De ramos muito extensos,
para que novos nomes vindos de todas as partes, venham
juntar-se aos existentes. De sombras muito agradáveis
para que nossa amizade, seja um aumento de repouso nas lutas
da vida.
Que o Natal esteja vivo dentro de nós em cada dia do ano
que se inicia, para que possamos viver sempre o amor
e a fraternidade.

A você, nosso leitor e nossa leitora, 
o nosso muito obrigada,
 e o desejo de um Feliz Natal!

Andreia, Leticia  e Luciana
Equipe do Blog Inspiração 



 






segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Casa do Papai Noel

Estive na Aldeia do Papai Noel, no Parque Knorr, em Gramado, que é um parque temático onde é Natal o ano inteiro! Entre as diversas atrações, a mais encantadora de todas é a casa do Papai Noel. Construída em 1940, foi a primeira casa em estilo Bávaro da região e é um dos principais cartões postais da cidade.

Todos os ambientes são minuciosamente decorados, com uma riqueza de detalhes incrível. Como não poderia deixar de ser, os meus ambientes preferidos foram a sala de jantar, no andar superior, e a copa, no inferior, ambos com lindas mesas preparadas para o lanche da família Noel.

Vejam algumas fotos que tirei da casa, não é linda demais?

Um beijo,
Luciana